terça-feira, 7 de outubro de 2014

Análise- O Primeiro/Último Ben 1#

 
Desde que foi revelado o sinopse de And Then There Were None logo vimos que seria um bom episódio, e de acordo com o que ele foi sendo revelado deixou os fãs praticamente ansiosos com as ideias que o episódio traria, mas será que é tão bom assim? Infelizmente por episódio ser de um idioma que a equipe do blogger não domina por completo, a resenha pode ser não tão completa com todas as explicações.
Não posso deixar de dizer que And Then There Were None é um episódio impressionante, mas como a maioria dos episódios espetaculares de Omniverse sempre tem aquelas falhas no contexto. Eu me perguntei, por que o Ben 10 K, Gwen 10 e Ben 23? Cadê os outros dois Ben 10.000 que conhecemos?

  O Primeiro é o Último

O episódio tem como personagem principal uma linha alternativa de Ben no qual nunca ocorreu com ele o primeiro episódio, ele não sabia das linhas alternativas, não sabia dos alienígenas, ele nunca foi passar as férias de verão com Max e Gwen naquele bosque! Ele cresceu e viveu em um planeta Terra normal onde os ataques alienígenas continuavam escondidos da humanidade, ele é uma ameaça pois como todos os outros Ben Tennyson o fato dele ganhar o Omnitrix iria ocorrer só que mais tarde, e os heróis tem que protegê-lo, por que a linha do tempo que ele vive é uma linha do tempo que inicia tudo, ele é o primeiro Ben e vai ser o último! Isso já explica bastante o motivo o nome do episódio ser igual ao primeiro episódio da franquia And Then There Were.

Contexto Visual do Episódio

 

Relevando o que eu contei acima o episódio corta introduções, não mostra como o Eon convenceu e por que os outros estão ajudando Vilgax e Eon. É de perceber que eles não se preocuparam em fazer um episódio importante, e sim um episódio que enchesse os olhos de alegria da criançada. O episódio você sente como se estivesse assistindo ele pelo meio e acabando no começo, dando uma sensação estranha no final. Eu também fiquei sem entender por que no meio de tantas lutas o Ben 23 se transformou em um alien, Gwen 10 um alien, e Ben 10 K utilizou dois alienígena, quando digo visualmente o episódio me refero as cenas escolhidas, as batalhas e os itens escolhidos para ele, as escolhas é tão ruim que nos cria uma dúvida: vamos supor que daqui há 20 anos Ben se transformou já em 10 mil aliens, quando ele ganhou seu Superomnitrix e todos aqueles alienígenas na abertura que estava desbloqueado no aparelho ele utilizou os antigos mais vezes do que os novos? Claro que não, ele quer sempre estar se atualizando, então por que um cara que tem 10 Mil aliens chega com uma fusão de um alienígena de quando ele tinha 10 anos e outro alienígena de quando ele tinha 15 anos, e para a ideia boba de fusões ficar pior chega o Atômico X, acredito que todo o fã já pensou como poderia ser um Alien X Supremo? ou uma fusão com o Alien X? A maioria tem esse desejo por que acreditamos que um Alien X Supremo ou uma fusão com o Alien X permitiria Ben utilizar os poderes do Alien X sem ter Bellicus e Serena, mas quando isso finalmente acontece com o Atômico X, ele sabe nem correr! Sei que meu ponto de vista é um pouco rígido e "baixo" mais se for observar bem faz muito sentido.

Divisão Errada?

Quando sabemos sobre a guerra dos Ben's, os fãs imaginavam uns 50 Ben Tennysons poderia até ser com a mesma aparência, mas com aliens novos ou antigos etc. Mas não! Trouxeram 4 Ben's do Mau, Albedo e mais dois vilões, contra 3 Ben's a Gwen 10 e Paradoxo, diferença de 7 contra 5. Mesmo que Vilgax e Eon estavam procurando Ben's de linhas alternativas isso não impede de Paradoxo ir atrás de alguns Ben's de linhas do tempo alternativos como o Ben Supremo? E o Primeiro Ben 10.000? O Spanner não podia vigiar no tempo? O Kenny não ganha um Omnitrix? Cadê eles para ajudar! E por que a Gwen não está com 16 anos!!

Como As Linhas Alternativas São Geradas? 

De acordo com o que entendendo das linhas do tempo, elas tem haver quando mudamos o nosso futuro, uma vida sobre nós alternativa pode ser criado a qualquer momento ao desprender da nossa linha, quando Ben encontrou o Omnitrix no primeiro episódio ele criou uma completa e nova linha do tempo para o seu futuro o qual ele seria o Ben 10.000 arrogante, que tinha uma insanidade em virar apenas aliens, a cada ação que o Ben faz uma linha do tempo é gerada, ao ganhar o SuperOmnitrix o Ben gerou uma nova linha do tempo no qual se tornaria o Ben Supremo. Mas na ficção do episódio And Then There Were None não são linhas do tempo e sim Linhas Alternativas onde todos os personagens, locais, mundos e universos são iguais ao nosso só que com um estilo, cores ou modos e gostos diferentes. 

Eon e Vilgax Juntos

A aliança entre Eon e Vilgax é como todas as outras que Vilgax fez, Vilgax traiu Eon também o destruindo junto com os outros Ben's, Vilgax estava com uma cede de vingança e ao contrário dos outros ataques de Vilgax, que desta vez quer sair aniquilando qualquer Ben  que puder. Posso não ter muito elogiado visualmente o episódio, mas acredito que no contexto histórico pode ser bom, além de representar uma homenagem a toda a franquia apesar destes detalhes superficialmente importantes, é bom ver esses novos Ben's.

Nenhum comentário:

Postar um comentário